Campanha Novembro Azul é tema de Sessão Especial na Câmara Municipal de Vitória da Conquista

Por: Câmara Municipal de Vitória da Conquista

 

Foi realizada na manhã desta quarta-feira, 30, uma Sessão Especial para tratar da Campanha Novembro Azul, mês dedicado à prevenção e conscientização da saúde do homem, em especial o câncer de próstata. O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada em todo o país, no mês de novembro, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do cancro de próstata. O objetivo é conscientizar a população masculina sobre a necessidade de cuidar do corpo e também da mente: praticar exercícios, ter uma alimentação equilibrada, parar de fumar, praticar sexo seguro, cuidar da saúde mental e também fazer o exame da próstata, periodicamente. A sessão está prevista no regimento da Casa, através da Lei Ordinária Nº 2.373/2019, de autoria do vereador Luciano Gomes (PCdoB).

Conscientização dos homens – Luciano Gomes abriu a sessão agradecendo a presença de todos e ressaltando a importância da discussão: “A criação da Semana Municipal do Novembro Azul ajuda a auxiliar os homens a cuidarem da sua saúde e a prevenir doenças como o câncer”. Ele ressaltou que “para as mulheres é sempre mais fácil  cuidar da saúde, já os homens tem mais dificuldades para buscarem atendimento e precisamos acabar com esse tabu”, concluiu.

Prevenção – O médico e vereador Augusto Cândido (PSDB) destacou a importância da adoção de estratégias de prevenção ao câncer de próstata. Ele recomendou que a atividade física, aliada à boa alimentação, ao não-tabagismo e ao baixo consumo de álcool sejam vistos como formas primárias de evitar o surgimento da doença. Cândido ressaltou também a necessidade de que homens com mais de 40 anos façam exames periódicos a fim de identificar ainda na fase inicial o desenvolvimento de tumor na próstata.

É importante o acesso à atenção primária e aos melhores tratamentos – Adriano Fernandes, médico oncologista, iniciou a sua fala destacando os perigos do câncer de próstata que, segundo ele, é responsável por 28% das mortes por câncer. “Este mês é de conscientização não apenas do câncer de próstata, mas para lembrarmos a respeito do câncer de bexiga, do câncer de rim e principalmente do autocuidado, através da prevenção primária”, ressaltou. Ele disse ainda que 30% dos casos de câncer são prevenidos e por isso o exame e os cuidados com a saúde ainda são a melhor escolha para os homens. “A luta contra o câncer precisa ser todos os dias, a atividade física e os exames são indispensáveis, a população precisa ter acesso aos melhores tratamentos possíveis e também à atenção primária”, finalizou.

Cuidar é deixar o preconceito de lado – A fisioterapeuta Jeana Lopes destacou a importância da prevenção e a forma como a fisioterapia pode melhorar a reabilitação e a qualidade de vida de quem enfrentou ou enfrenta o câncer de próstata. “Muitos pacientes tem medo da cirurgia devido aos fantasmas da incontinência urinária e da disfunção sexual pós-cirúrgica. A gente não precisa ter medo disso, pois podemos ter bons resultados quando trabalhamos áreas específicas”, afirmou. Ela lembrou que o câncer de próstata é o tipo mais comum entre os homens, lamentando os preconceitos que ainda circundam essa doença. “Os homens se cuidam menos que as mulheres e por isso acabam tendo maiores complicações. Não tem motivo para fugir do tratamento, pois atualmente temos excelentes resultados”, pontuou.

Conscientizar para vencer o câncer – Representando a Secretaria de Saúde, a coordenadora da Saúde do Adulto e enfermeira, Mariana Fernandes, pautou a importância de conscientizar os homens sobre a necessidade de cuidar da saúde, independente do Novembro Azul. Segundo ela, desde o dia 1º deste mês, foi encabeçada essa campanha “que é extremamente importante para a saúde do homem”, afirmou.

De acordo com a enfermeira, as 60 equipes de saúde das 42 unidades dão muito orgulho porque se comprometem com a causa. Além disso, a coordenadora também se disse orgulhosa da população masculina, porque eles estão participando das ações e mudando a visão de que o homem não cuida da saúde. Segundo a profissional, durante a campanha foram disponibilizadas coletas de PSA e há uma movimentação para maior oferta de urologistas, ultrassonografias e biópsias. “Nós sabemos que ainda não temos a quantidade suficiente para os homens serem atendidos, mas a gente tem tido avanços e esse é o nosso esforço”, afirma.

Não basta campanha de conscientização sem investir na saúde pública – O urologista Alisson Ribeiro Botelho ressaltou que a campanha Novembro Azul surgiu inicialmente para falar sobre o câncer de próstata, mas foi ampliada e hoje se volta para a saúde do homem. Ele cobrou mais investimentos na saúde pública e alertou que não adianta fazer campanha para acabar com o preconceito contra o exame de próstata se os homens não vão conseguir acesso ao procedimento e a tratamento em caso de diagnóstico de câncer. Para ele, é inadmissível um senhor de idade padecer numa fila de cirurgia por mais de um ano para tratar o câncer de próstata. O médico frisou que diagnóstico e tratamento precoces salvam vidas. Ele ainda aconselhou os homens a buscar qualidade de vida com alimentação saudável e prática de atividades físicas.

Investimentos no SUS – O vereador Valdemir Dias (PT), líder da Bancada de Oposição, falou da resistência dos homens em buscar médicos para realização de consultas e exames e ressaltou a importância do SUS para prevenção de doenças. Cobrou mais investimentos na saúde pública do município, pedindo mais condições de vida para as pessoas. “As pessoas vem na Câmara pedir nossa ajuda, não pra prevenção, mas já com a doença”, contou, dizendo que “não tem como fazer prevenção sem investimentos”.

Vereadores precisam buscar recursos – Ricardo Babão (PCdoB) defendeu que os vereadores busquem junto a deputados e senadores, secretários e demais autoridades recursos para garantir o acesso da população à assistência médica necessária para prevenção e tratamento do câncer. “Sabemos que a situação não é fácil. Nós temos que lutar pelos nossos direitos”, disse ele. “Independente de ideologia política, a gente tem que abraçar o município, cobrar do Estado, do Governo Federal. É obrigação dos governantes trabalhar pelo nosso povo”, argumentou o parlamentar.

É preciso viabilizar a prevenção e tratamento do câncer de Próstata – A vereadora Viviane Sampaio (PT) inicialmente saudou os presentes e falou sobre as dificuldades que os homens enfrentam em buscar ajuda médica, principalmente em relação à acessibilidade  ao tratamento. “É necessário que se rompa com essa barreira de acessibilidade ao sistema de saúde, principalmente na questão da prevenção do câncer de próstata. Hoje nós temos dois serviços de oncologia aqui em Vitória da Conquista, um no Hospital Geral e outro no SAMUR, portanto não se justifica ainda que os pacientes não tenham assistência integral no tratamento”, falou. Viviane lamentou que ainda existam tantas pessoas  na fila única de regulação do Estado pra tratamento oncológico e ressaltou que é preciso melhores condições para viabilizar tanto o diagnóstico quanto o  tratamento do câncer. “Esperamos que no próximo ano mais investimentos possam ser aportados para a saúde e que existam melhores condições para realizar o diagnóstico precoce que pode salvar vidas”, finalizou.

Moção de Aplauso – No início da Sessão foi entregue a Moção de Aplauso Nº 112/2022 ao músico conquistense Tiago Doidão, pelos serviços prestados à música e por ter hits de sucesso em primeiro lugar nas plataformas digitais. A homenagem é fruto da iniciativa do mandato da vereadora Lúcia Rocha (MDB).

Fotos: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,