Seja bom para você mesmo

Você é bom para si mesmo? Ser bom para si mesmo significa, em primeiro lugar, ser misericordioso para si. Ser bom para si é estar em comunhão de sentimentos. Significar sentir-se ligado à criança machucada que há dentro de você e ter compaixão dela. Significa ver as feridas internas com os olhos do coração e reagir com a dedicação de uma compaixão afetuosa. Nisso vale também não se enfurecer contra as próprias fraquezas, nós somos fracos, mas voltar-se amorosamente para elas e sentir com elas. Somente um olhar carinhoso vai transformar sua miserabilidade. Ser bom para si mesmo significa nada mais do que abrir seu coração para aquilo de dentro de você é infeliz e solitário.

Se você aprender a arte de tratar com carinho e misericórdia a miséria em você, esta mesma miséria poderá tornar-se uma fonte de bênçãos e de profunda felicidade. Ser bom para si mesmo não significa desculpar-se sempre, em toda parte, e não ver as próprias faltas. Não é isso. Mas também não é o contrário. Não faz bem a ninguém assumir sempre sozinho a culpa. Dilacerar-se em meio a sentimentos de culpa e descobrir dentro de si tão somente o lado ruim. Tem pessoas que percebem só o lado ruim de sim, e isso não é bom. Aprenda a aceitar que você não é nenhum herói. Não se deixe paralisar por suas faltas e fraquezas. Encare-as de frente. Não as reprima. Aceite o fato de você ser falível e trabalhe suas fraquezas, mas não se agarre a elas. Solte-as. Se Deus o perdoe, também você deve perdoar-se. Seja misericordioso para com você mesmo.

Padre Ezequiel Dal Pozzo

Categorias

Deixe seu comentário